Don´t panic! Dicas para professores iniciantes

Estabelecer uma rotina e procedimentos nas primeiras semanas de aulas é uma das coisas mais importantes que você pode fazer pelos seus alunos pequenos.
Não falamos de uma rotina maçante sem surpresas e novidades. Falamos de uma rotina bem estruturada de aula que traga confiança e segurança aos alunos.

dontpanic

Crianças precisam de rotina. Não podemos esperar que elas saibam o que deve ser feito ou como esperamos que ajam.

É importante ter algumas ações bem claras antes de iniciar o ano:

1- Gostaria que meus alunos formassem fila? Em qual momento? Como gostaria que esta fila fosse formada? Para que finalidade? Terei uma música para sinalizar este momento para os alunos e isso se tornar automático? Quero uma ou duas filas? Onde quero que haja fila? Haverá um líder?

2 – Como eu gostaria que meus alunos sentassem em roda? Em quais momentos? Terei uma música para sinalizar para os alunos que é o momento de fazer a roda? Teremos uma rima?

3 – Onde estão os materiais? Terão autonomia para pegar o que precisam? Criarei esta autonomia neles? Como ensinarei a usar o material? Porque acredite, vão apertar o tubo de cola e lambuzar a mão até não poder mais.

4- Onde eles devem colocar as atividades quando terminarem? Deverão chamar o professor? Deverão colocar em cima da mesa e se dirigir para qualquer outra atividade?

5- O que as crianças farão quando terminarem uma atividade mas os seus amigos não?

6 – Postura na hora das brincadeiras. Terão combinados? Construirão combinados juntos?

7 – Ida ao banheiro. Haverá momentos para isso além do pedido que pode ocorrer no meio da aula? Os momentos de lavar as mãos estão bem definidos para eles? O uso da água e claro? Não jogar  papel no vaso sanitário também está claro? Como trabalharei com isso?

8 – Quando todas as crianças quiserem falar ao mesmo tempo, como prosseguir? As crianças que quiserem falar levantarão a mão? O que fazer quando todos quiserem participar da mesma atividade?

9 – Qual volume de voz que gostaria que meus alunos se comunicassem? Eu falo neste mesmo tom de voz? Em que momento é perfeitamente normal ter crianças mais agitadas e um tom de voz mais elevado?

10 – Como irei lidar com crianças que tenham momentos de explosão e raiva?

11- Como ajudarei meus alunos a serem mais pacientes? Como posso ser mais paciente com eles?

Podem parecer perguntas tolas. Mas já vimos muitos professores não conseguirem conduzir bem as aulas ou se sentir perdido porque esperava que estas respostas viessem já internalizadas pelas crianças.

As crianças precisam de combinados e regras claras. Você precisa saber o que esperar delas e solicitar de forma que entendam.

Por mais que professores de inglês estejam ali para ensinar o idioma, ele certamente esbarrará em outras questões. É importante ter em mente que por meio do idioma podemos ensinar muitas outras coisas. O idioma é apenas uma ferramenta. Não se aprisione a ela.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>